RBC AM 580

sexta-feira, 20 de julho de 2012

LIÇÃO 4 – PAZ É AUSENCIA DE GUERRA?!

TEXTO BIBLICO:(Rm 14.17-19; Ef 2.13-18)

ENFOQUE BIBLICO
“É a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus” (Fp 4.7)

OBJETIVOS:
Definir o que é paz.
Estabelecer a diferença entre a paz com Deus e a paz de Deus.
Explicara paz independe das circunstancias

INTRODUÇÃO
“Paz doce paz! Que brota lá da Cruz, Nos trouxe paz o sangue de Jesus.” (HC 474)

DEFINIÇÃO DE PAZ
Nunca se falou tanto em paz como nesses dias, o oriente médio tem recebido autoridades de diversas partes do mundo e o objetivo maior é buscar entendimento entre os povos Israelitas e Palestinos para que haja paz no mundo. Qual medida a tomar? Presidentes de diversas nações têm se desdobrados em opiniões, não há como chegar a um consenso, a opinião dada desagrada uma das partes. Aqueles que são favoráveis a criação do estado palestino desagrada a Israel os que pensam ao contrario desagrada ao povo palestino. Ainda como se não bastasse, a Coréia do Norte vem tirando a paz dos governantes com as seqüentes experiências da bomba atômica, o Irã é também uma grande ameaça a Israel, e ao povo americano. As revoluções internas de países pequenos e sem desenvolvimento, as crises internacionais tudo isso tira a paz do mundo.
Para os governantes paz é a ausência de guerra, a estabilidade econômica e uma sociedade justa. Mas afinal o que é paz? Jesus se apresentou aos discípulos estando eles fechados em um quarto assustados dizendo: “Paz seja convosco”, depois de ter mostrado suas mão e seu lado voltou a dizer: “Paz seja convosco”, oito dias depois os discípulos estavam novamente às portas fechadas quando Jesus se apresentou estando agora Tomé e disse: “Paz seja convosco” (Jo 20.19-29 ARA). A paz de Cristo em nada se compara a que os governantes oferecem ele mesmo disse: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá.” (Jo 14. 27 ARA).

Nesse mundo há milhões de pessoas que suspiram por paz, a busca da paz interior leva as pessoas aos parques de diversões, sexo desenfreado, drogas, misticismos, mudanças de capitais para interiores e etc..
A Bíblia é clara ao dizer que a verdadeira paz só é alcançada através da justificação e pela fé em Cristo (Rm 5.1). Quando temos a certeza de nossos pecados perdoados pelo sacrifício de Cristo na cruz do calvário, então alcançamos paz com Deus. Enquanto o homem não entender que os nossos conflitos são espirituais e que a solução para tal só é encontrado no espiritual com Deus, nunca teremos paz. Por mais que as reuniões diplomáticas aconteçam paz não é apenas um sentimento, paz é uma posição diante de Deus; é exatamente ter amizade como o criador. Não é a ausência de guerra, nem as guerras para atacar e acabar com o terrorismo que indicara que a paz chegará isso é a falsa paz, a verdadeira paz trás felicidade e satisfação, independente das circunstancias. Jesus é o príncipe da paz (Is 9.6), logo ele é o único que pode em meio às tempestades dizer: “acalma-te” (Mc 4.36).
Segundo nota de explicação na Bíblia de Estudos Pentecostal, a palavra “eirene - paz” – significa: “quietude no coração e mente baseada na convicção de que tudo vai bem entre o crente e o Pai celestial.” (BEP pg 1803).

PAZ COM DEUS E PAZ DE DEUS
O que é paz com Deus? Primeiro é estar bem com ele espiritualmente, sem ter o Espírito Santo, jamais haverá paz com Deus. O homem após ter pecado constituiu-se inimigo de Deus, a ausência de paz interior não é falta de lazer ou de estar em lugar de sossego sem barulho, é falta de Deus. A paz provinda de Deus não significa que temos de nos isolarmos para obter, antes pelo contrario ela independe de circunstancias. Somente consegue ter paz de Deus aquele que tem paz com ele, do contrario é impossível, pode sim buscar a paz no mundo. A paz que os poderosos oferecem ela apenas contem o animo, por exemplo, uma pequena nação, mesmo que prejudicada não guerreiam, não por estar em paz, mas por medo, a vontade é contida pelo armamento bélico dos poderosos, isso não é paz.

Ter a paz de Deus no coração é importante, o Apostolo Pedro dormia, mesmo sabendo que no outro dia seria morto. Quem pode oferecer paz assim? Somente Deus, repetindo Jesus disse: “não vo-la dou como o mundo a dá.” Pedro não estava confiado em uma paz oferecida por alguém da oração ou do grupo de louvor, mas da paz de Deus e por isso dormia (Sl 4.8 – “Em paz me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança”). A paz de Deus trás confiança, a dos homens não se pode confiar, eles mudam de comportamento, são vendidos por poderes, fama. Tal procedimento não acontece quando se espera em Deus (Jó 11.18,19 – “E terás confiança, porque haverá esperança; olharás em volta, e repousarás seguro.” (...)).

Bem como já vimos é impossível encontrar paz no mundo, por melhor que seja a proposta ela é eivada de falhas. O presidente dos EUA, não é a melhor opção quando se fala em paz, e nem outro poderoso da Europa, com todo o Eurocêntrismo egoísta deles, não conseguem dar paz a ninguém, eles na verdade impõe certo respeito quando se unem, mas isso não é paz. A paz com Deus vem por meio de Jesus Cristo, (Jo 16.33 – “Tenho vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulação; ...”). Portanto não é a nenhum presidente da terra outorgado o titulo de “Príncipe da paz”, o único a ostentar esse titulo é Jesus (Is 9.6), logo para obter a paz de Deus é preciso aceita-lo como Senhor de nossas vidas, serem justificados, ou seja, se apresentar diante de Deus em pé, sem a culpa do pecado (Rm 5.1).


PAZ INDEPENDENTE DE CIRCUNSTANCIA
Encontramos nas Escrituras Sagradas quase trezentos versículos falando sobre paz, alguns deles falando diretamente de onde provem a paz: Nm 6.26 – “O Senhor sobre ti levante o seu rosto, e te de a paz”Jo 14.27 – “Deixo-vos a paz” (2Ts 3.16; Rm 15.33; 1Co 14.33; 2Co 13.11), Cristo é a nossa paz (Ef 2.14; Mq 5.5ª). Bem alguns podem estar perguntando: “Porque lá em casa as coisas estão todas bagunçadas?” Há guerras familiares, pais que na igreja são verdadeiros santarrões, mas que em casa são perigosos leões. Há jovens que vê seus pais brigarem o tempo todo, vou até me atrever, algumas mães apanham em frente aos filhos, filhos são espancados por pais que até cooperam na igreja. E a pergunta é: “O que é paz?”.

Ninguém pode esconder que essas coisas estejam acontecendo bem próximo de cada um de nós, tudo isso é falta de Cristo, falar de Cristo é maravilhoso e fácil, mas viver Cristo é diferente. Confiar em Cristo é algo muito importante, mas até uma pessoa que ainda não o conhece pode também fazer, o segredo está em Cristo confiar em nós, poder contar conosco, se agradar de nós em sua obra (Nm 14.8; Jo 2.22-24). A paz de Deus é dada ao homem no momento em que ele aceita Cristo e passa a viver uma vida cheia do Espírito Santo (Rm 8.6; Gl 5.22), Jesus disse que pelos frutos conhecereis a arvore, uma pessoa atribulada dentro de sua casa, mesmo que consiga fingir dentro igreja é como a figueira sem frutos, apenas folhas.
A paz independe das circunstancias, uma briga entre marido e mulher devido ao desemprego não justifica, se houver paz, nas horas mais difíceis, haverá carinho, compreensão, o amor aumentará. Uma arvore boa produz bons frutos mesmo estando em meio aos espinheiros ou estando em lugar solitário, não é aceitável que alguém tenha paz apenas na igreja e em casa ou outro lugar não produza bons frutos. Alguns exemplos bíblicos mostram-nos que é possível a paz reinar mesmo nas horas de grandes dificuldades, Elizeu foi cercado pelo exercito do rei da Síria, a paz em seu coração era tão real que ele nem ligou para o que estava acontecendo. Enquanto que seu moço entrou em desespero, faltou-lhe a confiança em Deus, após a oração do profeta seus olhos foram abertos e a paz reinou, que hora difícil aquela, no entanto havia paz independente da circunstancia (2Rs 6.7).


CONCLUSÃO
Muitos receberam o premio Nobel da paz, dentre eles Mikhail Gorbachev- URSS, contribuiu para o fim da guerra fria, Yasser Arafat, Shimon Peres, Yitzhak Rabin, ambos receberam pelos acordos de paz no Oriente Médio,  Martti Ahtissari, que durante três décadas contribuiu para solução de conflitos internacionais em diversos continentes e tantos outros foram achados merecedores de tal premio. Esses homens fizeram algo em busca da paz, mas o que sabemos é que não há paz, são campanhas e passeatas, reuniões, encontros e tratados. Enquanto a busca pela paz for aos dirigentes das nações, pouco acontecerá e ainda esse pouco pode falhar a qualquer momento. Paz é um estado, apenas encontrada em Deus, aceitando a Cristo como Salvador e Senhor, deixando que o Espírito Santo aja no coração, com certeza produzirá no intimo a paz independente da circunstancia.
Ao crente fiel diz o poeta: “E nos conflitos com o tentador, Gloriosa paz, perfeita paz, Cristo Jesus me fará vencedor, tenho doce paz” (HC 178).


Colaboração para Portal Escola Dominical - Pr Jair Rodrigues

Fonte: PortalEBD

0 comentários:

Postar um comentário