sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

LIÇÃO 13 – TEMA A DEUS EM TODO TEMPO

(Ec 12.1-8)
INTRODUÇÃO
“De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda obra e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau” (Ec 12.13,14). Foi com estas palavras que o sábio Salomão conclui o livro de Eclesiastes. Depois de buscar sentido para a vida no prazer, no vinho, em obras magníficas, em joias preciosas, e nos bens terrenos (Ec 2.1-10), ele conclui que o verdadeiro sentido da vida é temer a Deus e guardar os seus mandamentos. Nesta última lição do trimestre, estudaremos os sábios conselhos do rei Salomão acerca do preparo para a chegada da velhice e da morte, e também sobre o significado de temor do Senhor e sobre os mandamentos divinos.

LIÇÃO 13 – JESUS RESSUSCITA UMA MENINA

Ao Mestre
Prezado (a), é com alegria e gratidão a Deus que chegamos ao fim de mais um trimestre e de mais um ano. Faça uma restrospectiva do que foi ensinado no decorrer deste ano.
Que objetivos foram alcançados? Quantos pequenos (as) foram conduzidos a Cristo?
Foi formado neles o caráter de Cristo?
É hora de agradecer a Deus e de reafirmar o compromisso como professor de EBD, de não apenas passar aos pequenos (as) historinhas bíblicas, mas principalmente verdades bíblicas que transformam suas vidas, que as conduzam a servir ao SENHOR como autênticos cidadãos dos céus. Realizar o ensino das VERDADES e DOUTRINAS bíblicas profundas e espirituais e cooperar com o lar de forma eficaz, na formação dos hábitos, práticas e deveres cristãos, tanto na esfera social, como na espiritual. Essa é a missão do ministério de ensino que nos foi confiado.

LIÇÃO 13 - ESTER, A RAINHA QUE SALVOU O SEU POVO.

Texto Bíblico: Ester 2.1-18; 4.7-16
Objetivo: Ministre sua aula de forma que os alunos compreendam que a vontade de Deus é que todos sejam salvos, e que devemos aceitá-lo como nosso Salvador.
Frase do dia:
Jesus morreu para salvar a todos.
Imagem na Galeria de Imagens

Memória em ação
“Deus quer que todos sejam salvos e venham a conhecer a verdade.” (1 Tm 2.4).

LIÇÃO 13 – MALAQUIAS, O PROFETA DA RESTAURAÇÃO

Texto Bíblico:Malaquias caps. 1-4.
Ao Mestre
Prezado (a), é com alegria e gratidão a Deus que chegamos ao fim de mais um trimestre e de mais um ano. Faça uma restrospectiva do que foi ensinado no decorrer deste ano.
Que objetivos foram alcançados. Quantos pequenos (as) foram conduzidos a Cristo?
Foi formado neles o caráter de Cristo?
É hora de agradecer a Deus e de reafirmar o compromisso como professor de EBD, de não apenas passar aos pequenos (as) historinhas bíblicas, mas principalmente verdades bíblicas que transformam suas vidas, que as conduzam a servir ao SENHOR como autênticos cidadãos dos céus. Realizar o ensino das VERDADES e DOUTRINAS bíblicas profundas e espirituais e cooperar com o lar de forma eficaz, na formação dos hábitos, práticas e deveres cristãos, tanto na esfera social, como na espiritual. Essa é a missão do ministério de ensino que nos foi confiado.

LIÇÃO 13 - A MÍDIA EM PROL DO REINO DE DEUS

TEXTO BÍBLICO  Rm 10.13-15; Mt 28.19,20; Mc 16.15,16
ENFOQUE BIBLICO
“Salvai alguns, arrebatando-os do fogo; tende deles misericórdia com temor, aborrecendo até a roupa manchada da carne”. (Jd v.23)
Objetivos –
- Mostrar aos alunos nossa responsabilidade de anunciar Cristo, diante dos desafios.
- Ensiná-los a usar as oportunidades eletrônicas para difundir o evangelho.

LIÇÃO 13- SEJA DIFERENTE, AJUDE

Texto bíblico:    Lc 10.30-35
E, respondendo Jesus, disse: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram e, espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto.
E, ocasionalmente, descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo.
E, de igual modo, também um levita, chegando àquele lugar e vendo-o, passou de largo.
Mas um samaritano que ia de viagem chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão.
E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, aplicando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele;
E, partindo ao outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele, e tudo o que de mais gastares eu to pagarei, quando voltar.
O texto mencionado acima se refere a uma parábola ensinada pelo Senhor Jesus em resposta a um doutor da lei, este havia perguntado a Jesus o que era necessário para herdar a vida eterna.
O Senhor lhe perguntou o que a lei afirmava, logo o doutor da lei lhe respondeu dizendo que era necessário amar a Deus sobre todas as coisas, de todo o coração e alma e amar também ao próximo.
O Senhor concordou com a resposta, porem o doutor da lei tentou se justificar a si mesmo perguntando “quem é o nosso próximo”
É neste momento que o Senhor profere essa parábola, contando a respeito de um homem que caiu nas mãos de uns ladrões e sendo espancado não teve o auxilio de ninguém, porem um samaritano se compadeceu da sua situação e lhe ajudou.
Observando os detalhes dessa parábola temos grandes lições a aprender, vamos procurar aprender algumas nesta aula final do trimestre.

LIÇÃO 13 – O PRÊMIO DOS VENCEDORES

Ao Mestre
Amado (a) chegamos ao término de mais um ano letivo da Escola Bíblica Dominical. Neste ano de 2007, tivemos estudos profundos e de vital importância para a vida cotidiana de nossos adolescentes, relacionados com as atitudes que devemos ter quanto membros do corpo de Cristo, nesta nossa caminhada para o céu.
Que, ao final deste ano, possamos verificar, num auto-exame, que sabemos quais as tarefas que devemos desenvolver na Igreja, faça uma avaliação do desenvolvimento de sua classe, bem como de cada aluno individualmente, isso auxiliará á um melhor desempenho e com certeza o alcance dos objetivos segundo a Palavra de Deus.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

DINÂMICA - LIÇÃO 12 - LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS (JOVENS E ADULTOS)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, iniciem o estudo da lição.
 - Falem: A lição de hoje tem como título “Lança o Teu Pão sobre as Águas”.
- Iniciem o estudo do tema, utilizando a dinâmica “Lança o Teu Pão sobre as Águas”.
- Agora, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.
Sugiro ainda a dinâmica “Sementes” sobre a Lei da Semeadura.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 12 - O LAR E OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO (JUVENÍS)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: Estudaremos na lição de hoje sobre “O Lar e os Meios de Comunicação”.
- Iniciem o estudo do tema, através da dinâmica “Gotas de Óleo”.
- Depois, trabalhem os pontos levantados na lição que não foram abordados na dinâmica, sempre de forma participativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 12 - PUNIÇÕES PARA OS REBELDES (ADOLESCENTES)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como título “Punições para os Rebeldes”.
- Depois, utilizem a dinâmica “Contrato de Convivência”.
- Em seguida, falem que na aula estamos vivenciando formas de punição para os alunos e que também há punições para os atletas de Cristo que são rebeldes no reino de Deus, como também para aqueles que rejeitam Jesus. E sobre isto que vamos estudar nesta lição.
- Agora, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
- Para concluir, façam o fechamento da dinâmica relacionando as punições dos alunos desobedientes com as punições estudadas na lição para aqueles que rejeitam Cristo.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 12 - JESUS, O FILHO OBEDIENTE (PRÉ-ADOLESCENTES)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como título “Jesus, o Filho Obediente”.
- Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
- Depois, utilizem a dinâmica “Faça o que o Mestre mandar”.
Observação Importante: Peçam para os alunos levarem na próxima aula(lição 13) gêneros alimentícios não perecíveis para uma cesta básica que deverá ser doada para alguém da igreja que reconhecidamente esteja precisando de ajuda.
O tema da próxima da aula será sobre ajudar ao próximo. Vocês podem organizar uma lista com os itens e pedir para os alunos assinarem; durante a semana, liguem para os alunos e seus pais para lembrar desta atividade para o domingo seguinte.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

LIÇÃO 12 – LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS

(Ec 11.1-10)
INTRODUÇÃO
Eclesiastes 11.1-10 apresenta reflexões a respeito do excesso de cautela em nossa vida e naquilo que faz parte dela. Salomão trabalha questões como as incertezas da natureza (v. 3), as incertezas a respeito dos desígnios de Deus (v.5), as incertezas do nosso trabalho (v.6) e outras. Todas essas incertezas não devem nos fazer apelar para um excesso de cautela que busque concretizar o que queremos, antes, devemos trabalhar e viver a nossa vida com sabedoria e fé, sem ansiedades prejudiciais e que não resolvem nada. É nesse contexto que esta lição está inserida.

LIÇÃO 12 – JESUS MULTIPLICA UM LANCHE

Texto Bíblico: João 6.1-15
Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seu aluno a conscientizar-se de que Deus é Poderoso para suprir nossas necessidades; mas, devemos nos lembrar que para isso ELE precisa que alguém se disponha a fazer algo. Muitas vezes, poderemos ser nós que poderemos nos desprender para doar algo, como o menino da historia de hoje, e devemos ter um coração disposto a ajudar outras pessoas.
Aprendendo a Bíblia:
“Dá-nos hoje o alimento que precisamos”(Mt 6.11 – NTLH)
Prezado (a), escreva o versículo em um cartaz, se possível com letras coloridas e decoradas, e enquanto conduz os pequenos a ler no mínimo umas três vezes, enfatize a eles que, quando oramos a oração do “Pai Nosso” e falamos esta frase, estamos reconhecendo que como Deus é SENHOR de todas as coisas, os campos que produz os alimentos também está sob seu poder, portanto, é ELE que nos sustenta e supre todas as nossas necessidades. Que Pai maravilhoso nós temos!

LIÇÃO 12 – JÓ AGRADECE A DEUS

Texto Bíblico: Jó caps. 1-2; 42.10-16
Objetivo:
Professor (a)ministre sua aula de forma que os alunos conscientizem-se de que sempre devemos dar graças a Deus. Mesmo quando a situação nos pareça difícil, e não compreendemos o que está acontecendo, devemos confiar no cuidado e fidelidade de Deus para conosco.
Frase do dia:
GRAÇAS A DEUS, QUANDO AS COISAS VÃO BEM E QUANDO VÃO MAL TAMBÉM
Escreva em um cartaz a frase acima, com letras grandes e em cor viva. Em seguida, leia com as crianças algumas vezes, porém, entre uma e outra leitura, peça que falem coisas boas e ruins que aconteceram com elas, enfatizando que em tudo devemos dar graças a Deus.

LIÇÃO 12 – EZEQUIEL, O PROFETA DO CATIVEIRO

Texto Bíblico:Ezequiel caps. 1-3; 12.1-16
Ao Mestre
Prezado (a), ao lermos o livro do profeta Ezequiel obtemos poucas informações sobre sua vida pessoal. O que entendemos é que ele estava entre os milhares de jovens que foram levados cativos para a Babilônia, após a rendição do rei Joaquim.
O que dá a entender é que antes desse trágico acontecimento, Ezequiel estava estudando para ser sacerdote. Mas no cativeiro babilônico Deus o nomeou profeta, para exortar e consolar o povo de Israel no exílio.
Cento e cinqüenta anos antes de Ezequiel, Deus falando através do profeta Isaias avisou o povo acerca da “tempestade” (ataque babilônico à Judá) que viria, e Ezequiel teve de profetizar do meio desta “tempestade” que devastou seu povo e destruiu seu país.
Deus ao chamá-lo lhe informa que ele será como um atalaia. O serviço de um atalaia é avisar sobre um mal, sobre uma destruição que estaria prestes a ocorrer. E assim com coragem, zelo e determinação Ezequiel cumpriu sua tarefa. Anunciando a mensagem divina, ensinava o povo acerca da responsabilidade que temos diante de Deus, que cada ser humano deve adorá-LO e obedecê-Lo.
Muitas vezes Ezequiel sofreu desprezo do povo por falar o que Deus ordenava que dissesse. Muitas de suas profecias eram através de encenações com sua própria vida para despertar a atenção do povo para ouvir a mensagem que ele tinha para entregar, mas ele jamais desanimou, jamais deixou de falar a Palavra de Deus.
Deus continue a abençoar o seu ministério. Boa aula!

LIÇÃO 12 - O LAR E OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: Estudaremos na lição de hoje sobre “O Lar e os Meios de Comunicação”.
- Iniciem o estudo do tema, através da dinâmica “Gotas de Óleo”.
- Depois, trabalhem os pontos levantados na lição que não foram abordados na dinâmica, sempre de forma participativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!
Vejam no final da postagem as sugestões para a finalização do trimestre.

LIÇÃO 12 - JESUS, O FILHO OBEDIENTE

Texto bíblico:    Lc 2.40,46-52
E o menino crescia e se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele.
E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os.
E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas.
E, quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu, ansiosos, te procurávamos.
E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?
E eles não compreenderam as palavras que lhes dizia.
E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. E sua mãe guardava no coração todas essas coisas.
E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens.

LIÇÃO 12 – PUNIÇÕES PARA OS REBELDES

Ao Mestre
Amado (a) estamos vivendo dias de terrível indiferença espiritual. Dias de Laodicéia, onde o Senhor Jesus está sendo deixado fora dos corações, bate, porém, não lhe abrem os corações.
 Dias em que como predito pelo apostolo Paulo em 2 Timóteo 4:3: 
“Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores {ou instruidores} conforme as suas próprias concupiscências”
Dias em que o Evangelho está sendo dia à dia deturpado, por supostos pregadores, ou, seria mais propicio dizer, mercenários?
Mais do que nuca, precisamos anunciar a Palavra de Deus como ela é. Fazer discípulos, conduzindo-os à uma entrega genuína à Cristo, e que prossigam gerando frutos para o reino de Deus, e isso somente se dará se nós, eu e você, professores de EBD, ensinarmos nosso alunos o valor do Evangelho de Cristo, a satisfação de ser servo fiel.
Lembrando aos prezados (as) que a Palavra de Deus é a única ferramenta usada pelo Espirito Santo, para moldar-nos segundo o caráter de Cristo, atenha-se às Escrituras. Use-as em suas aulas, ame-a pratique-a.
Somente assim conseguiremos o objetivo de fazer discípulos, se não somente ensinarmos, mas vivermos o que ensinamos, através de um testemunho vivo de fé, obediência e serviço à Deus, é que alcançaremos nossos alunos, e não apenas com palavras vazias, ditas conforme as circunstâncias. Mas com uma vida cotidiana vivida na virtude do Espírito Santo.
 “Levanta-te, pois esta coisa é de tua incumbência, (...) sê forte e age.” (Esdras 10.4 – ARA).
Levantemos-nos diante de Deus, coloque-nos inteiramente em sua presença, assumindo compromisso de uma vida de fidelidade e santidade. E assim poderemos com propriedade ministrar uma aula com tão rico conteúdo:
“Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não o serve.”(Ml 3.18 – ARC)
Deus nos aperfeiçoe dia à dia, capacitando-nos para tão sublime missão.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

DINÂMICA - LIÇÃO 11 - A ILUSÓRIA PROSPERIDADE DOS ÍMPIOS (JOVENS E ADULTOS)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, iniciem o estudo da lição.
 - Falem: A lição de hoje tem como título “A Ilusória Prosperidade dos Ímpios”.
- Iniciem o estudo do tema, utilizando a dinâmica “A Chave da  Prosperidade”.
 - Agora, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 11- AS FACILIDADES E OS RISCOS DA INTERNET (JUVENÍS)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
 5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: Estudaremos na lição de hoje sobre “As Facilidades e os Riscos da Internet”.
- Iniciem o estudo do tema, através da dinâmica “Apenas um Clique”.
- Depois, trabalhem os pontos levantados na lição que não foram abordados na dinâmica, sempre de forma participativa.
- Aproveitem a oportunidade para combinar com eles, sobre a criação de um blog para a turma, a escolha do nome e do template, quem será o responsável para manter o blog atualizado (acho que deveria ser o professor).
- Aproveitem o ensejo desta lição e comecem a usar o Twitter, colocando mensagens para seus alunos sobre a lição ou outras de sua preferência.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 11 - A PERSEVERANÇA DO ATLETA (ADOLESCENTE)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como título “A Perseverança do Atleta”.
- Agora, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
- Para finalizar a aula, utilizem a dinâmica “Flecha na mão do valente”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 11 - BOM É SER BOM (PRÉ-ADOLESCENTE)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como título “Bom é ser bom”.
 - Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
- Depois, utilizem a dinâmica “Bondade em ação”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!
- Iniciem o estudo do tema, lendo Galátas 5. 22 e falem para os alunos que “benignidade” e “bondade” são duas virtudes do Fruto do Espírito Santo.
- Escrevam estas duas palavras no quadro.
- Perguntem: O que é benignidade? E bondade? Ambas possuem o mesmo significado?
 Benignidade refere-se a sentimento, ao passo que a bondade é atitude.
- Para finalizar a aula, utilizem a dinâmica “Bondade em Ação”.
 Tenham uma excelente e produtiva aula!

LIÇÃO 11 – A ILUSÓRIA PROSPERIDADE DOS ÍMPIOS

(Ec 9.1-6)
INTRODUÇÃO
Nesta lição definiremos a palavra ilusão e termos equivalentes; veremos a perspectiva do Antigo e do Novo Testamento sobre prosperidade; destacaremos uma pequena biografia de Asafe, um levita compositor de salmos, que passou por um grande dilema que quase o desviou da fé em Deus, pois pensava estar servindo a Deus em vão; por fim, pontuaremos também as conclusões que teve o sábio Salomão a cerca da brevidade da vida e dos males que todos estamos sujeitos a enfrentar.
I – DEFINIÇÕES
O Aurélio define a palavra “ilusão” como: “engano dos sentidos ou da mente, que faz que se tome uma coisa por outra, que se interprete erroneamente um fato ou uma sensação”. Já a palavra “engano” significa: “erro causado por descuido, falta de conhecimento específico ou desatenção”. No hebraico a palavra “engano” é “saw” que quer dizer: “engano, decepção, malícia, falsidade, vaidade, vacuidade” (VINE, 2002, p. 102). Já a palavra “vaidade” que é o termo chave do livro de Eclesiastes significa basicamente “alento” (Is 57.13) ou “vapor” (Pv 21.6), como o do hálito condensado que se respira em um dia frio. Aqui parece implicar em ambos: (1) aquilo que é transitório e (2) aquilo que é fútil. Enfatiza a rapidez com a qual as coisas desaparecem e o pouco que oferecem enquanto de posse delas (Tg 4.14) (MOODY, sd, p. 04).

LIÇÃO 11 - O PRESENTE QUE AGRADOU A JESUS.

Texto Bíblico - Mateus 26.6-13.
Objetivo
Ao ministrar sua aula a criança deve ter a certeza que não existe presente maior para o nosso Deus do que o nosso coração.

Aprendendo a Bíblia:
“Agradeçamos a Deus o presente que Ele nos dá...” - 2 Coríntios 9.15.

Palavra do dia...
SALVAÇÃO.


Explorando a Bíblia
Jesus sempre era convidado para visitar as casas de todas as pessoas, todos queriam que Jesus fosse as suas casas.          

LIÇÃO 11 - DANIEL E OS LEÕES.

Texto Bíblico- Daniel 6.1-28.

Objetivo: Ministre sua aula de forma que os alunos compreendam que a vontade de Deus tem que está acima de qualquer coisa.
Frase do dia:
Obediência a Jesus em primeiro lugar.
Memória em ação
“Devemos antes obedecer a Deus que aos homens.
Atos 5.29.

 Explorando a Bíblia
Olá professores e todos os mestres que estão estudando a lição sobre Daniel. Hoje vamos falar sobre um servo de Deus que passou por muitas dificuldades, e a história conta de Daniel na cova dos leões. Daniel era um servo do rei Nabucodonosor na terra da Babilônia. Ele e mais três amigos eram do povo de Israel.

 Os quatro amigos amavam a Deus, confiavam nele e tinham certeza de que sempre estariam protegidos por Ele. Deus lhes deu conhecimento, sabedoria e inteligência em toda a cultura, mas a Daniel deu também conhecimentos sobre visões e sonhos.

LIÇÃO 11 – DANIEL, O PROFETA DO PALÁCIO

Texto Bíblico:Daniel 1.1-21
Ao Mestre
Prezado (a), o quando Daniel foi levado pelos babilônios aproximadamente no ano 605 a.C., estava em sua adolescência, na idade entre 14 e 16 anos. É provável que ele fosse desse linhagem real, já que o rei Nabucodonosor, ordenou que se escolhesse jovens da classe dos nobres para que fossem treinados como lideres e sábios na Babilônia. Nesta época, a Babilônia era o poder central mundial. Daniel estava entre os primeiros cativos que foram transportados de Judá. Em uma nação estranha de idioma e costumes, ele decidiu manter-se firme na adoração ao único Deus verdadeiro. Apesar de estar afastado de seus pais em uma terra estranha, e sofrer grandes pressões, ele manteve-se fiel a Deus obedecendo-O em tudo.

LIÇÃO 11- AS FACILIDADES E OS RISCOS DA INTERNET

TEXTO BÍBLICO:  Ef 5.6-13; 1Co 15.33,34

ENFOQUE BIBLICO
“Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortaleci-vos ” (1Co 16.13)
OBJETIVOS
Conheceras facilidades e os perigos da Internet.
Discerniras coisas boas das coisas impuras que circulam na Internet.
Aprendero modo correto e proveitoso de usar a Internet.
INTRODUÇÃO
A internet é um mundo novo, crescente, que chama a atenção por oferecer imagens, jogos, armadilhas que ao primeiro olhar parece produtiva, mas que complica com o passar do tempo. Há vários adultos que enquanto jovem viciaram em pornografia, por exemplo, hoje não sabem como sair. Estudos já detectaram que a pornografia cibernética vicia assim como qualquer outra droga. Uma vez viciado é necessário procurar um profissional, da área psicológica para se libertar.

LIÇÃO 11 - BOM É SER BOM

Texto bíblico: Lc 5.17-20
E aconteceu que, em um daqueles dias, estava ensinando, e estavam ali assentados fariseus e doutores da lei que tinham vindo de todas as aldeias da Galiléia, e da Judéia, e de Jerusalém. E a virtude do Senhor estava com ele para curar.
E eis que uns homens transportaram numa cama um homem que estava paralítico e procuravam fazê-lo entrar e pô-lo diante dele.
E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado e, por entre as telhas, o baixaram com a cama até ao meio, diante de Jesus.
E, vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Homem, os teus pecados te são perdoados.

LIÇÃO 11 – A PERSEVERANÇA DO ATLETA

Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma que possa conduzir o aluno a:
Compreender a importância da perseverança para a jornada cristã.

Para refletir
“Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”(Fp 3.14 - ARC).
Prosseguir para o alvo, aponta para o progresso diário que devemos adquirir no desenvolvimento da maturidade, daqueles que com os olhos fixos no Alvo – Cristo – e alcançar a tão esperada recompensa.


Texto Bíblico em estudo: Hb 12.1-3.

Introdução
“Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos.
Fazer ou não fazer algo só depende de nossa vontade e perseverança.” (Albert Einstein).

A perseverança revela os crentes genuínos. A Bíblia diz em Marcos 13.13 “E sereis odiados de todos por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.”

A perseverança revela fé genuína. Àqueles que perseveram, Deus promete-lhes vitória. Como o apostolo Paulo nos afirma em Filipenses 3.13-14:
“Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus.”

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

DINÂMICA - LIÇÃO 10 - CUMPRINDO AS OBRIGAÇÕES DIANTE DE DEUS

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, iniciem o estudo da lição.
 - Falem: A lição de hoje tem como título “Cumprindo as Obrigações diante de Deus”
- Agora, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.
- O item I vai tratar sobre as obrigações do cristão em dois aspectos. Neste item há uma referência a prioridade que deve ser dada ao reino de Deus.
Sugiro a utilização da dinâmica “Primeiro as Primeiras Coisas”, para trabalhar este tema das prioridades associada ao tema da Liturgia do item II. Então, fica a critério de vocês o momento de aplicar esta dinâmica, após o item I ou depois do item II.
- O item II da lição vai tratar sobre Liturgia e o comportamento do cristão como adorador neste momento do culto.
Inicialmente é interessante explicar o que é “liturgia”.
Depois, perguntem: Quais as partes da liturgia do culto?
Aguardem as respostas.
Reflitam sobre a liturgia do culto que vivenciamos hoje.
Em seguida questionem sobre a liturgia ideal x a liturgia real. Acrescentem informações sobre os modismos litúrgicos e, para tanto, realizem uma pesquisa sobre isto.
- No Item III e no Item IV, o estudo será sobre a Transcendência e a Imanência de Deus, respectivamente.
Escrevam estes nomes no quadro ou cartolina e procurem explicar o que significa estas palavras. Em seguida, trabalhem o conteúdo proposto.
- Para concluir a aula, utilizem o texto “Maravilhe-se e Adore”, que proporcionará a reflexão de atitudes de adoração, maravilhando-se diante dos atos poderosos de Deus.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

LIÇÃO 10 – CUMPRINDO AS OBRIGAÇÕES DIANTE DE DEUS

(Ec 5.1-5)
INTRODUÇÃO
Nos capítulos 1 ao 4 do livro de Eclesiastes, Salomão já havia tratado praticamente de tudo aquilo que acontece “debaixo do sol”. Agora o proverbista, no capítulo 5 de Eclesiastes, irá falar sobre a adoração em um contexto em que se contrastam a obrigação e a devoção. Como devotos temos direitos, mas também possuímos deveres. E essas obrigações não se limitam apenas ao mundo religioso, mas também ao universo político-social.
I – DEFINIÇÃO DE OBRIGAÇÃO
O dicionário da língua portuguesa define obrigação como: “Ato de obrigar, necessidade moral de praticar ou não praticar um ato, um dever, um preceito, uma sujeição, uma dívida”. Essa palavra portuguesa vem do latim, “obligare”. Obrigação é um termo ético que indica que existem certos deveres que o individuo precisa cumprir. Dentro da ética, a teoria da obrigação se chama “deontologia”, que vem do grego “deon”. As obrigações as devemos a Deus, à comunidade dos homens, e a nós mesmos (CHAMPLIN, Russell Norman. Enciclopédia de Bíblia Teologia e Filosofia. Vol. 4. Hagnos. p. 572).

DINÂMICA - LIÇÃO 10 - AS MENSAGENS SUBLIMINARES (JUVENÍS)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: Estudaremos na lição de hoje sobre Mensagens Subliminares.
- Primeiro procurem saber quem sabe o que são Mensagens Subliminares.
Deixem que os alunos exponham suas ideias e depois acrescentem outras se necessário.
- Em seguida, Utilizem o Método do Debate para promover um momento de troca de ideias e informações sobre o tema da aula, lançando a seguinte pergunta:
Você acredita em mensagens subliminares? Justifique sua resposta.
Aguardem e observem o que os alunos falam. Com certeza vai haver respostas positivas e negativas, como também outras que revelam indecisão.
Após o debate, falem que na verdade as mensagens subliminares acontecem, mas há exageros por parte de algumas pessoas na análise de determinados episódios (esta é minha opinião).
Para saber como utilizar adequadamente o Método do Debate, leiam o texto pedagógico postado abaixo.
 - Depois, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
Para tanto, apresentem situações de mensagens subliminares, na programação da TV, nas propagandas, nas músicas, nos jogos, nos filmes etc., apresentando figuras ou em outros meios de comunicação.
O senso crítico equilibrado deve estar presente na análise dessas situações.
- Em seguida, trabalhem como o cristão pode se precaver contra as más influências das mensagens subliminares.
- Para concluir, utilizem a dinâmica “Abra o Olho!”
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 10 - O CUIDADO DO ATLETA (ADOLESCENTE)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como tema cuidado do atleta cristão quanto às tentações.
- Coloquem no quadro a palavra TENTAÇÃO.
- Depois, perguntem: O que é tentação?
Aguardem as respostas. Depois introduzam outras informações.
- Em seguida, leiam o texto “A Corrida dos Sapinhos” e reflitam com os alunos sobre a lição que o texto nos traz: ficar “surdo” aos apelos da tentação.
- Agora, trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
- Para finalizar a aula, utilizem a dinâmica “Luz do Mundo”, que enfatiza a importância de permanecermos na luz, afastando-nos do pecado, resistindo as tentações.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

DINÂMICA - LIÇÃO 10 - NÃO DESISTA (PRÉ-ADOLESCENTES)

,
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como título “Não Desista”.
- Em seguida, leiam o texto “Tudo é uma questão de escolha” e reflitam com os alunos sobre a lição que o texto nos traz: não desistir diante das dificuldades.
- Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa.
- Depois, utilizem a dinâmica “Vencendo o Gigante”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

LIÇÃO 10 - JESUS AJUDA UM HOMEM DOENTE

Texto Bíblico
Mateus 12.9-14
Objetivo
Ao ministrar sua aula a criança deve ter a certeza que Jesus nos ama e quer sempre o melhor para toda a humanidade.
Aprendendo a Bíblia:
“Eu quero que as pessoas sejam bondosas.” - Mateus 12.7.

Palavra do dia...
BONDADE
Explorando a Bíblia
Na história de hoje continuaremos aprendendo sobre os milagres que Jesus realizava.
Naquela época Jesus estava andando com seus discípulos por uns campos de trigo, era sábado, o dia judaico de adoração e seus discípulos estavam com fome; portanto, começaram a arrancar espigas de trigo e comer o grão.
Mas alguns fariseus os viram fazer isso e protestaram: Os seus discípulos estão quebrando a lei, estão fazendo colheita no dia de sábado!
Mas Jesus lhes disse: Vocês não leram nunca o que o rei Davi fez quando ele e seus amigos estavam com fome?

LIÇÃO 10 - TRÊS AMIGOS NA FORNALHA.

Texto Bíblico
Daniel 3.1-30.
Objetivo: Ministre sua aula de forma que os alunos compreendam que o nosso Deus é o único que merece nossa adoração, Ele quer que o adoremos em espírito e em verdade.
Frase do dia:
Somente Deus merece a minha adoração!
 Memória em ação
“Não adore outros deuses; adore somente a mim. - Êxodo 20.3.
 Explorando a Bíblia
O rei Nabucodonosor fez uma estátua dourada, que tinha quase trinta metros de altura por três de largura, e a colocou na planície de Dura, na província da babilônia, depois disso, mandou mensagens a todos os príncipes, governadores, capitães, tesoureiros, juízes, conselheiros e oficiais das províncias para que viessem á festa de dedicação da estátua feita pelo rei. Quando todos os convidados tinham chegado e se reunido diante da estátua, o homem que anunciava as ordens do rei gritou: Povos de toda a terra, homens de todas as línguas, ouçam as ordens do rei:

LIÇÃO 10 – JEREMIAS, O PROFETA DAS LÁGRIMAS

Texto Bíblico: Lamentações de Jeremias caps. 1 à 5.
Ao Mestre
Prezado (a), o ministério profético de Jeremias foi por cerca de mais de quarenta (40) anos.
Seu ministério iniciou-se nos dias do rei Josias (621-607 a.C.). O rei Josias foi um rei que se preocupou em restabelecer uma adoração sincera para com Deus, designou escribas que fizessem cópias da Palavra de Deus e enviasse por todos os termos do país, para que as pessoas apreendessem e obedecessem a Deus.
Mas não foi muito eficaz no seu intento, pois muitas pessoas iam à Igreja somente como apenas costume, não havia nelas um sentimento sincero de amor e adoração a Deus. Jeremias muito se entristeceu ao perceber que a reforma promovida pelo rei Josias, não mudava o coração do povo em relação a deus, eles continuavam adorando a ídolos e desagradando a Deus com suas ações injustas e palavras mentirosas.
Após a morte do rei Josias, as cosias pioraram. Jeremias assistiu a rei após rei ignorar suas advertências provindas do próprio Deus e conduzir o povo a uma vida cada vez mais pecaminosa e idólatra. Com as pessoas totalmente inversas à vontade de Deus, tudo o que Jeremias profetizava eles rejeitavam. Grande foi o sofrimento deste profeta, que ao saber da iminente destruição de Jerusalém nada podia fazer diante da incredulidade e da desobediência do provo à voz de Deus. Ele era ignorado, sua vida foi ameaçada várias vezes.
Jeremias enfrentava dia a dia oposição, mas corajosamente e com lágrimas entregava a mensagem divina. Sofria ao sentir o amos de Deus pelo povo e ao perceber e sentir a rejeição do povo para com Deus. Grande foi a perseverança deste profeta que em suas mensagens expressa sentimentos intensos e contemplava um deus que executa juízo mas também exerce misericórdia.
Vejamos algumas características do ministério de Jeremias:
  Seu ministério abrangeu o período dos últimos cinco (5) reis de Judá.
  Escreveu os livros de Jeremias e Lamentações do AT.
  Agiu como fiel mensageiro de Deus apesar de ter sofrido muitos atentados e prisões.
  Ficou tão entristecido com a condição espiritual e iminente destruição de Judá que ganhou o apelido de profeta chorão.

Deus continue a abençoar o seu ministério. Boa aula!

LIÇÃO 10 - AS MENSAGENS SUBLIMINARES

TEXTO BÍBLICO  Ef 5; Hb 5.13,14; Tg 1.5,6; 2Co 10.4
ENFOQUE BIBLICO
“Aconselho-te... que unjas os teus olhos com colírio para que vejas”. (AP 3.18b)
OBJETIVOS
Saber o que são mensagens subliminares.
Descobrir onde estão presentes as mensagens subliminares.
Aprender  os meios de se defender das mensagens subliminares.

INTRODUÇÃO
Quem não procura obter conhecimento é como alguém que anda sempre na escuridão, não consegue ver as armadilhas. É andar sem rumo e sem direção, alguns em situações assim, andam pelos ecos da vida de outros. Viver sem a graça de Deus é não querer Deus no domínio de todas as coisas, deixa de compreender a profundidade do amor divino.